Etnografia com leitores

Desafios e possibilidades de pesquisa sobre clubes de leitura em contexto digital

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29146/eco-ps.v25i3.27936

Palavras-chave:

Etnografia, Leitores, Práticas de leitura, Clubes de leitura

Resumo

Este artigo discute oportunidades e dificuldades ao se efetuar uma etnografia com leitoras na internet. As reflexões advêm de fundamentação teórico-metodológica direcionada à etnografia e às práticas de leitura, bem como de experiência empírica mediante observação em quinze reuniões online de cinco clubes integrantes do projeto Leia Mulheres. Espera-se contribuir na expansão das alternativas metodológicas para investigação de práticas de leitura contemporâneas via um olhar antropológico e comunicacional. Nesse percurso, destacam-se a abertura para as relações estabelecidas com os nativos ao longo do fazer etnográfico, os atravessamentos das plataformas na mediação da leitura e a não demarcação de dualismos entre online e offline. Assim, em uma etnografia da leitura no contexto digital, é preciso atentar e refletir sobre as possibilidades e limitações da ambiência e como isso impacta nas relações com os leitores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liliane Dutra Brignol, Universidade Federal de Santa Maria/Profa. Dra. do Departamento de Ciências da Comunicação

Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Santa Maria, RS.

Jean Silveira Rossi, UFSM/Mestre

Graduado em Comunicação Social - Produção Editorial e mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria, RS.

Referências

CAIAFA, Janice. Sobre a etnografia e sua relevância para o campo da comunicação. Questões Transversais, v. 7, n. 14, 2010.

CAMPANELLA, Bruno; BARROS, Carla. Introdução. In: CAMPANELLA, Bruno; BARROS, Carla (orgs.). Etnografia e consumo midiático: novas tendências e desafios metodológicos. Rio de Janeiro: E-papers, p. 5-10, 2016.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 2014.

CHARTIER, Roger. A ordem dos livros: leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os séculos XIV e XVIII. Brasília: UnB, 1998.

FAILLA, Zoara (org.). Retratos da Leitura no Brasil 5. Rio de Janeiro: Instituto Pró-Livro, 2020.

GEERTZ, Cliford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

HINE, Christine. Estratégias para etnografia da internet em estudos de mídia. In: CAMPANELLA,

Bruno; BARROS, Carla (orgs.). Etnografia e consumo midiático: novas tendências e desafios

metodológicos. Rio de Janeiro: E-papers, 2016, p. 11-27.

HOOKS, bell. O feminismo é para todo mundo: políticas arrebatadoras. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2020.

LEITÃO, Débora. K.; GOMES, Laura Graziela. Etnografia em ambientes digitais: perambulações, acompanhamentos e imersões. Antropolítica - Revista Contemporânea de Antropologia, v. 1, n. 42, p. 41-65, 2018.

MALINI, Fabio. A plataformização da leitura e redes sociais: impactos no consumo de livros. In: FAILLA, Zoara. (org.). Retratos da leitura no Brasil 5. Rio de Janeiro: Sextante, 2021, p. 134-143.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações: 3 introduções. Matrizes, v. 12, n. 1, p. 9-31, 2018.

MILLER, Daniel. Como conduzir uma etnografia durante o isolamento social, Blog do Sociofilo, [S. l.], 23 mai. 2020. Disponível em: https://blogdolabemus.com/2020/05/23/notas-sobre-a-pandemia-como-conduzir-uma-etnografia-durante-o-isolamento-social-por-daniel-miller. Acesso em: 01 fev. 2022.

ROSEN, Matthew. Ethnographies of reading: beyond literacy and books. Anthropological Quarterly, v. 88, n. 4, 2015, p. 1059-1083.

ROSSI, Jean Silveira. Investigando a leitura no Brasil: um mapeamento de pesquisas com leitores na

Comunicação (2015-2020) e de estudos sobre clubes de leitura (1990-2020). In: 44º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2021, virtual. Anais [...]. Recife: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, 2021.

_______. “Antes era só ler, hoje em dia é ler e comentar”: leituras compartilhadas pela internet nos clubes Leia Mulheres. Dissertação (mestrado em Comunicação) - Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria, p. 209. 2022.

SEDO, DeNel Rehberg. Reading Communities from Salons to Cyberspace. Nova York: Palgrave Macmillan, 2011.

TRAVANCAS, Isabel. A Etnografia no campo da comunicação de massa. Humanidades, Fortaleza, v. 26, n. 1, p. 125-142, jan./jun. 2011.

WEBER, Florence. A entrevista, a pesquisa e o íntimo, ou: por que censurar seu diário de campo?. Horizontes Antropológicos, ano 15, n. 32, p. 157-170, jul./dez. 2009.

YUNES, Eliana. Um ensaio para pensar a leitura. Verbo de Minas, v. 14, n. 23, p. 5-18, 2013.

Downloads

Publicado

2022-12-18

Como Citar

Dutra Brignol, L., & Silveira Rossi, J. (2022). Etnografia com leitores: Desafios e possibilidades de pesquisa sobre clubes de leitura em contexto digital. Revista Eco-Pós, 25(3), 63–85. https://doi.org/10.29146/eco-ps.v25i3.27936