Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos exclusivamente submetidos pelo sistema digital a ECO-PÓS são avaliados previamente pelo editores da revista, que verificam se estão de acordo com as diretrizes da publicação. Em seguida, cada texto é enviado a dois pareceristas externos (avaliação cega/ peer review doble blind).

A escolha do parecerista ad hoc é feita de acordo com a temática do trabalho. São escolhidos profissionais de reconhecida competência no assunto tratado.

Os trabalhos são enviados para avaliação sem o nome e a filiação institucional do autor. O parecerista tem um prazo de30 dias para leitura e elaboração do parecer.

Na avaliação dos textos vários itens são considerados: redação (clareza na exposição das idéias, coerência, pertinência, relevância, inovação, rigor teórico-metodológico, revisão e atualização bibliográficas). Os pareceristas receberão um formulário para avaliação.

No formulário, além do espaço destinado para os comentários, cada parecerista pode recomendar a publicação do artigo sem modificação, sugerir modificações pontuais, solicitar modificações substantivas que envolvam reestruturação do texto, ou não recomendar a publicação.

Os pareceres são encaminhados aos autores, mas o anonimato do parecerista é garantido.

Os autores que tiverem a publicação recomendada com restrições têm um prazo de 15 dias para reformular seu texto conforme as recomendações do parecer. A publicação do artigo fica condicionada a uma avaliação final do texto, no qual os editores verificam se as exigências foram cumpridas.

É importante esclarecer que, na seleção final dos artigos, o conselho editorial da ECO-Pós observa os critérios da Capes, que exige que sejam publicados pelo menos 70% de artigos cujos autores sejam vinculados a pelo menos 4 instituições diferentes daquela que edita o periódico por volume, pelo menos 20% de artigos, por volume, com autores ou co-autores filiados a instituições estrangeiras e pelo menos 80% de autores doutores.

A avaliação de resenhas é realizado pelo próprio Conselho Editorial da ECO-Pós, que segue os mesmo critérios de avaliação dos artigos.