De quem é a cultura?

Obras culturais entre o privado, o público e o comum

Autores

  • Victor Barcellos UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.29146/ecopos.v24i3.27786

Palavras-chave:

Cultura Livre, Copyleft, Propriedade intelectual, Open source, Creative commons

Resumo

A presente resenha busca destacar e estabelecer conexões entre as principais questões apresentadas na obra “A cultura é livre: uma história da resistência antipropriedade”, pelo pesquisador da Comunicação e editor do BaixaCultura Leonardo Foletto. O resgate empreendido na obra das ideias, acontecimentos e ferramentas que constituem a história das tensões entre a apropriação e liberação da cultura nos ajuda a colocar em perspectiva a situação da cultura no presente. Para sustentar sua jornada, o autor oferece uma panorama histórico da cultura que vai da Antiguidade aos dias atuais, precisamente no momento em que seu compartilhamento se tornou mais propício, e também quando se veem mais esforços por seu aprisionamento. E traz consigo a lembrança de que um mundo de livre circulação de ideias é possível.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor Barcellos, UFRJ

Doutorando em Comunicação e Cultura na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ). Mestre em Ciência da Informação pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia em convênio com a Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IBICT-ECO/UFRJ). Graduado em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Desenvolve pesquisa nas áreas de Comunicação e Ciência da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: capitalismo de plataforma, cooperativismo de plataforma, economia criativa e os comuns digitais.

Referências

FOLETTO, Leonardo. A cultura é livre: uma história da resistência antipropriedade. São Paulo: Autonomia Literária, 2021.

LAZZARATO, Maurizio. As Revoluções do Capitalismo. Civilização Brasileira/Record. Rio de Janeiro, 2006;

WARK, M. A hacker manifesto. Cambridge: Harvard University Press, 2004.

Downloads

Publicado

2021-12-20

Como Citar

Barcellos, V. (2021). De quem é a cultura? : Obras culturais entre o privado, o público e o comum. Revista Eco-Pós, 24(3), 515–524. https://doi.org/10.29146/ecopos.v24i3.27786