Gosto cult: a proximidade velada entre o cinema de arte e a cultura trash

Autores

  • Mayka Castellano UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.29146/eco-pos.v17i3.1763

Resumo

Este artigo analisa as práticas e as motivações sociais dos fãs de cultura trash (artefatos da indústria cultural que não atendem aos padrões morais e/ou às normas de qualidade técnica e artística domi- nantes) que se aproximam dos interesses normalmente associados aos admiradores do cinema de arte. A partir de uma netnografia e de entrevistas em profundidade, e com o apoio de conceitos e argumentações teóricas formuladas no âmbito dos Estudos Culturais, investigo a proximidade que existe entre o universo do “lixo cultural” e o que há de mais valorizado no mundo da sétima arte. Investigo, também, o anseio tanto por autenticidade quanto por distinção social entre os con- sumidores de produtos identificados com o estrato mais baixo da cultura de massa através de um processo que chamo de “reciclagem cultural”. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-24

Como Citar

Castellano, M. (2014). Gosto cult: a proximidade velada entre o cinema de arte e a cultura trash. Revista Eco-Pós, 17(3). https://doi.org/10.29146/eco-pos.v17i3.1763